2020/01/01

CMLXXX

IV TORNEIO DE RÁPIDAS XADREZ COM MÚSICA
André Sousa vencedor com nota artística






Decorreu no passado dia 30 de dezembro, no Colégio do Ave, o IV Torneio de Rápidas Xadrez com Música. Este torneio contou com a realização de 7 sessões em sistema suíço e foi contabilizado para elo FIDE no ritmo blitz  (5 minutos para cada jogador com acréscimo de 2 segundos por cada lance efetuado).
Este evento xadrezístico, pioneiro em Portugal, aliou a Música ao Xadrez através da realização de concertos de Guitarra Clássica, Violoncelo e Piano e esteve integrado na programação do VI Festival Internacional de Guitarra de Guimarães e fechou com “chave de ouro” um ciclo de masterclasses e concertos, que decorreram entre os dias 21 e 29 dezembro, percorrendo vários palcos da cidade, nomeadamente o Conservatório de Guimarães, Paço dos Duques de Bragança e o Centro Cultural Vila Flor.










Esta iniciativa foi organizada pela Associação de Xadrez de Braga e Clube de Xadrez A2D - Associação Académica da Didáxis, contando com o apoio do Colégio do Ave e da sua Associação de Pais e Encarregados de Educação e do Festival Internacional de Guitarra de Guimarães. A arbitragem esteve a cargo  do presidente da AXDB Carlos Dias e o Diretor de Prova foi o coordenador do CX A2D Mário Oliveira.
IV Torneio de Rápidas Xadrez com Música reuniu um prize-money no valor de 200 euros e estabeleceu um recorde de participação com 65 atletas provenientes de 15 clubes de norte a sul do País. Contando com a presença de 9 Mestres de Xadrez titulados, este Torneio teve o aliciante de contar com a presença do Campeão Nacional Absoluto, MI André Sousa, e da Campeã Nacional Sénior, WCM Mariana Silva.



O grande vencedor foi pela primeira vez o Mestre Internacional André Sousa (Profigaia, prémio de 100 euros). A escasso meio ponto classificou-se em 2.º lugar o Mestre FIDE Francisco Veiga (AXAT – Montemor o Novo, prémio de 50 euros). Em 3.º lugar posicionou-se o Mestre Nacional Paulo Costa (Cine Clube Torres Novas, prémio de 25 euros), com os mesmos pontos e melhor coeficiente de desempate que o Mestre FIDE Luís Silva (CX A2D) que se classificou em 4.º lugar.
A WCM Mariana Silva (CX A2D, prémio de 15 euros) não deixou os seus créditos por mãos alheias e venceu o 1.º lugar Feminino.


Por categorias os grandes vencedores foram José Monteiro (Veterano, GDRAU – prémio de 5 euros), MI André Sousa (Sub-20, Profigaia – prémio de 5 euros),  MF Francisco Veiga (Sub-18, AXAT), Pedro Gil Silva (Sub 16, Fórum Airão S. João), Rodrigo Sarabando  (Sub-14, CX Colégio Português), Daniel Silva (Sub-12, AX Gaia), João Diogo Pereira (Sub-10, CX A2D) e Ivo Costa (Sub-08, CX A2D).
Também foram premiados de acordo com a classificação geral, os 3 melhores alunos do Colégio do Ave: José João Pinto, João Diogo Pereira e Guilherme Leal.
A cerimónia de encerramento contou com a presença do Presidente da Associação 3M e Diretor Artistico do VI FIGG, Nuno Cachada, do Presidente da AXDB, Carlos Dias, do Presidente da Direção Pedagógica do Colégio do Ave, Rui Miguel Costa, e da Presidente da APEE do Colégio do Ave, Isabel Sousa.
Seis promissores alunos obtiveram nota artística máxima durante a realização deste Torneio e na cerimónia de encerramento, pois deliciaram os presentes com a interpretação de obras clássicas: Mariana Costa Pinheiro e Isabel Marques, alunas do Conservatório de Guimarães, na guitarra clássica e violoncelo; e no piano Ângela Fernandes e André Almeida, alunos do Colégio do Ave, e Isabel Moreira e Pedro Ferreira, alunos da Didáxis-Vale S. Cosme.
Também, foram homenageados dois atletas do CX A2D: Bruno Ribeiro (Gala de Campeões da IV Gala do Desporto VNF) e José João Pinto (Vencedor da Simultânea de Xadrez ao AI Eduardo Viana na Open Week do Colégio do Ave).
Aproveitando a presença do MN Paulo Costa, autor do Manual de Xadrez – Exercícios I, foi sorteado o seu Livro. O feliz contemplado foi o MN Ivo Dias (CX A2D) que recebeu das mãos do autor um exemplar autografado com dedicatória personalizada.
No final, todos foram unânimes ao considerarem que esta iniciativa assumiu nesta edição uma dimensão nacional e tem rasgado horizontes ao proporcionar a partilha de experiências e sensibilização da comunidade xadrezística para a pertinência da importância da Música no Xadrez, e vice-versa, no livre, harmonioso e integral desenvolvimento da personalidade do ser humano e, consequentemente, no desenvolvimento da sociedade.

Mais informações: